Doze anos depois, Corpo de Bombeiros volta a formar novos soldados em Alagoas

Após mais de 12 anos sem promover contratações por meio de concurso público, o Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBMAL) entregou à sociedade 122 novos soldados. A s

Em entrevista coletiva, o chefe do Executivo estadual afirmou que o CBMAL passa por um amplo processo de transformação com a chegada de novos integrantes e a reestruturação física de todas as unidades da Corporação na capital e interior do Estado.

“O Estado cumpre com o seu papel de fortalecer o Corpo de Bombeiros, a Polícia Militar, enfim, todo o aparato de segurança pública. Com mais esses 122 bombeiros militares, a gente já passa de dois mil novos soldados contratados, convocados e formados em nosso Governo. Vamos seguir contratando policiais por meio de novos concursos públicos e investindo em melhores equipamentos para atingirmos, sempre, os melhores resultados”, afirmou Renan Filho.

A turma formada nesta sexta-feira é constituída por 122 bombeiros militares, sendo 100 homens e 22 mulheres. Após serem admitidos por meio de concurso público, eles iniciaram, em 28 de junho de 2018, o Curso de Formação de Praças (CFP) do CBMAL. Foram 10 meses de instruções, 26 disciplinas, estágio supervisionado e manobras acadêmicas, totalizando 1.690 horas.

O comandante-geral do CBMAL, coronel André Madeiro, afirmou que os 122 novos soldados representam uma melhor qualidade do serviço prestado à sociedade alagoana e uma melhoria nos aspectos operacional e administrativo.  “Quem ganha com isso é a sociedade”, enfatizou Madeiro. “Iremos reforçar inicialmente as unidades do interior do Estado, onde temos um efetivo um pouco mais carente. Será reforçada, também, a parte de salvamento aquático”, revelou o comandante-geral. Os novos soldados vão atuar, ainda, nas áreas de salvamento terrestre e em altura.

Pernambucano do Recife, o soldado CB Bruno Pereira de Medeiros Silva, 32 anos, afirmou que está pronto para cumprir as missões a ele confiadas. Revelou que além da estabilidade financeira proporcionada pelo serviço público, buscou no ingresso da carreira militar realizar um sonho.

“Graças a Deus, consegui aliar o útil ao agradável porque sempre quis ser militar na minha vida e consegui lograr êxito no concurso, me tornando bombeiro. É claro que a estabilidade vem auxiliar bastante o lado financeiro, mas quem ingressa no Corpo de Bombeiros, numa instituição militar, com certeza tem a consciência de que a principal missão é salvar vidas”, afirmou.

O pernambucano elogiou a solidez fiscal e a organização administrativa do Estado de Alagoas, que, mesmo diante da maior crise econômica nacional, permanece firme, realizando investimentos e novos concursos públicos. “Hoje, Alagoas é um Estado que vem crescendo bastante aqui no Nordeste. É um exemplo para o Brasil, como o próprio governador falou em seu discurso. Trata-se de um Estado que está conseguindo investir na Segurança Pública, enquanto outros se encontram em dificuldade até mesmo para pagar os salários de seus funcionários”, acrescentou Bruno Pereira.

Prestigiaram, ainda, a solenidade os secretários de Estado da Segurança Pública, Lima Júnior; e da Prevenção à Violência, Esvalda Bittencourt; o comandante-geral da Polícia Militar de Alagoas, coronel Marcos Sampaio; o delegado-geral da Polícia Civil, Paulo Cerqueira; o perito-geral da Perícia Oficial, Manoel Neto; o comandante-geral do 59º Batalhão de Infantaria Motorizado (59º BIMtz), coronel Cláudio Gadelha; dentre outras autoridades.

Ascom – 11/05/2019

(Visited 5 times, 1 visits today)