“Continuo contra a agenda da morte”, diz Renan Calheiros sobre decreto de armas

Com a votação sobre a suspensão do decreto de armas nesta terça-feira (18), o senador Renan Calheiros voltou a se posicionar nas redes sociais  e afirmou que vai continuar contra a agenda da morte.

“O manicômio continua frenético. Agora dá armas à população para formar milícias. Isso rebaixa a Presidência, desafia o Congresso, o Supremo e insulta Forças Armadas e polícias”, tuitou Renan Calheiros

(Visited 3 times, 1 visits today)